Notícia

Recomendações aos empresários de Santa Terezinha de Itaipu

quinta, 19 de março de 2020

Para proteger funcionários e clientes e assim ajudar a conter a epidemia do coronavírus, covid-19, a ACISTI (Associação Comercial e Empresarial de Santa Terezinha de Itaipu) orienta seus associados a adotar as diretrizes estabelecidas pela Organização Mundial da Saúde (OMS), Ministério da Saúde, Governo do Paraná e Prefeitura de Santa Terezinha de Itaipu com o objetivo de estimular boas práticas. Priorize as reuniões online. Evite ao máximo qualquer tipo de evento ou reunião presencial.

  1. Aos funcionários que tiverem de ir no trabalho deve-se orientar a lavagem frequente das mãos com sabonete líquido ou álcool 70% (líquido ou em gel).
  2. Oriente também para que ninguém se cumprimente com as mãos.
    * Deve-se evitar: beijos, abraços, ou qualquer tipo de toque.
    * Evite falar com os outros com distância menor do que 1 metro. Procure manter pelo menos 2 metros de distância ao falar com as pessoas.
    * Não encoste as suas mãos no próprio rosto (incluindo nariz, boca e os olhos) sem higienização prévia.
    * Lave as mãos antes e após ir ao banheiro, e antes das refeições.
  3. Ao tossir, ou espirrar, utilize o braço como proteção, baixando a cabeça, e colocando o cotovelo na frente do nariz.
  4. Oriente os funcionários a ligarem para a Unidade Básica de Saúde e a não irem trabalhar caso apresentem algum sintoma gripal.
  5. Os funcionários que atuam na recepção aos clientes são os mais vulneráveis.
    * É recomendável tentar preservar uma distância de 2 metros entre o atendente e o cliente.
    * Recomendamos desenhar uma faixa no chão com intuito de preservar essa distância mínima. Além disso, em estabelecimentos de maior fluxo, é possível ter um banner na entrada recomendando aos clientes para que respeitem a distância de 2 metros, e para que peguem uma máscara cirúrgica com o atendente caso apresente algum sintoma gripal. Nesses casos, deve-se orientar isolamento domiciliar e contato telefônico com a Unidade Básica de Saúde mais próxima de casa.
  6. Promover a limpeza e desinfecção de todos os ambientes.
  7. Disponibilizar toalhas de papel descartável nos banheiros e aumentar a frequência da limpeza dos banheiros, utilizando hipoclorito de sódio para desinfecção dos vasos sanitários e pias.
  8. Limpar com frequência o telefone celular, teclado de computador e tablets, com produtos apropriados para este tipo de aparelho.
  9. O uso da máscara é indicado para quem apresentar os sintomas de doença respiratória para evitar que ele transmita a doença ao espirrar ou tossir. O uso de máscara fora dessa indicação causa uma falsa sensação de proteção.
  10. Afastar todos os colaboradores com quadro de febre.
  11. Recomenda-se afastar colaboradores com 60 anos e mais e com comorbidades (hipertenso, diabético, cardiopata, doenças pulmonares entre outras).
  12. Promover o distanciamento social dos colaboradores (copa, refeitório, sala de descanso).
  13. Cancelar realização de eventos (capacitações, treinamentos).
  14. Estimular o uso de ferramentas virtuais individuais.

Essas medidas visam reduzir a transmissibilidade do vírus, preservando a população, e evitando a sobrecarga dos sistemas de saúde. A ideia é mitigar o número de casos simultâneos da doença.

Fonte: Acisti